SITE OFICIAL DA CIDADE DE MONTALVÂNIA
WWW.MONTALVANIA.COM.BR

Publicidade: (77) 9 9949-4184
Parceiros1

ÚLTIMASNOTÍCIAS

    Saúde

  05 Julho de 2018

188


  188. Guarde este número de telefone. Por ele, de graça, muitas vidas podem ser salvas


Desde domingo, o número do Centro de Valorização da Vida (CVV), o 188, está disponível em todo o Brasil. Parceria com o Ministério da Saúde garante ligação gratuita. 


PREVENÇÃO

O CVV é órgão sem fins lucrativos, que funciona desde 1962, e é dedicado a escutar qualquer pessoa que esteja passando por dificuldades, funcionando como prevenção ao suicídio. 


DESABAFAR

Em 2017, recebeu cerca de 2 milhões de ligações. Um dos voluntários do CVV diz que as pessoas procuram a instituição porque precisam desabafar e contar histórias que, muitas vezes, amigos e familiares não aguentam mais ouvir. 


SAÚDE

Para psicólogos, o suicídio é uma questão de saúde pública. “É reflexo de uma sociedade doente, e não necessariamente de uma pessoa doente”, diz um deles. Segundo o Ministério da Saúde, todos os dias cerca de 30 pessoas tiram a própria vida no Brasil. 


IMPULSIVA

Para os voluntários do CVV, o suicídio, em si, é uma ação impulsiva, mas há um processo por trás do ato: isolamento, desistência de hobbies, falta de contato com a família e amigos podem ser interpretados como sinais. 


DEPRESSÃO

Depressão e o abuso de álcool e drogas também exigem atenção. No Brasil, a taxa de suicídio é alta, principalmente entre idosos e jovens.


Compartilhe nas Redes Sociais

    Saúde

  05 Julho de 2018

VACINAÇÃO


  Vacinação contra a pólio está abaixo de 50% em 312 municípios. Coração de Jesus e Pirapora aparecem na lista.


O Ministério da Saúde informou que em 312 municípios brasileiros a vacinação contra a poliomielite está abaixo de 50%. Na lista aparecem Coração de Jesus, Pirapora, Miravânia, Juvenília, Cristália e Santa Cruz de Salinas – todas no Norte de Minas.


RECOMENDAÇÃO

Muitas cidades contestam os dados que são de 2017. A recomendação é que 95% das crianças de até 1 ano estejam vacinadas. Atualmente, a média nacional de cobertura é de 77%. A poliomielite, que também é conhecida como paralisia infantil, é transmitida por um vírus. 


CASOS

O último caso da doença no Brasil foi em 1990, há 28 anos. Mas há casos registrados na Venezuela em junho e, nos últimos anos, o vírus circulou em mais de 23 países. 


5 DOSES

Portanto, a recomendação é que as crianças recebam as 5 doses. Aos 2 meses, aos 4 e aos 6 meses de idade. Com 1 ano e 3 meses, tem um reforço, e a dose final é dada aos 4 anos. No Brasil, a vacina está disponível o ano inteiro nos centros de saúde e é a única forma de prevenir a doença. 


Compartilhe nas Redes Sociais

    Economia

  30 Junho de 2018

CONTA DE LUZ


  Bandeira vermelha 2, a mais alta, vai continuar na conta de luz em julho.


Assim como aconteceu no mês de junho, a conta de luz terá bandeira vermelha 2 no mês de julho, com a cobrança extra de R$ 5,00 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.


DECIDIDA

A manutenção da tarifa extra foi decidida nesta sexta-feira pela Agência Nacional de Energia Elétrica, alegando a “manutenção das condições hidrológicas desfavoráveis e a tendência de redução no nível de armazenamento dos principais reservatórios do Sistema Interligado Nacional”.


ADICIONAL 

De janeiro a abril, vigorou a bandeira verde, sem cobrança extra na conta de luz. Em maio, veio a bandeira amarela, com adicional de R$ 1 a cada 100 kWh consumidos.


Compartilhe nas Redes Sociais

    Futebol

  30 Junho de 2018

JOGO DO BRASIL


  Bancos vão funcionar de 8h30 às 10h30, e de 14 às 16h, segunda-feira, para o jogo Brasil/México, às 11 horas.


A seleção brasileira jogará pela Copa da Rússia às 11h de segunda-feira, contra o México, pelas oitavas de final. 


BANCOS

O Banco Central confirmou que na segunda os bancos vão abrir das 8h30 às 10h30 e das 14h às 16h. 


PRIVADO

Caberá aos serviços públicos estaduais e federais e às empresas privadas definir o horário de funcionamento. A tendência do comércio é funcionar a partir das 13h. 


Compartilhe nas Redes Sociais

    Polícia

  28 Junho de 2018

30° BPM/MONTALVÂNIA


  ...

Na manhã desta data (28/06/18), após denuncia anônima de que o civil J. C. N. S. se encontrava de posse de uma motocicleta produto de furto, a guarnição PM deslocou até o povoado de Lageado, Zona Rural de Juvenília, tendo encontrado em poder do autor a motocicleta Titan de cor azul, sem placa de identificação, com chassi e motor adulterados. 

Ainda foi apreendida em posse do individuo uma arma de fogo, tipo garrucha.

Indagado sobre a origem da motocicleta, informou ter adquirido do civil D. L. S. o qual após intenso rastreamento foi localizado pela Guarnição PM.

Ambos foram presos, juntamente com os objetos descritos acima e encaminhados para a Delegacia de Plantão em Januária.

Equipe:

Sgt Júnior

Sd Chagas.


Compartilhe nas Redes Sociais

    Saúde

  28 Junho de 2018

HOSPITAL CRISTO REI


  Mais uma conquista da Fundação de Saúde de Montalvânia.


Na manhã de quarta-feira dia 27/06/2018 foi assinado o documento de contrato do Hospital Cristo Rei com o Estado de Minas Gerais conforme manda a Lei federal 13.650 publicada em 11/04/2018 onde estabelece como improbidade administrativa a transferência de recurso a entidade privada, em razão da prestação de serviços na área da saúde sem prévia celebração de contrato, convênio ou instrumento congênere. 


Esse contrato foi assinado pelo presidente Sr. João Fernandes de Almeida, Secretário Municipal de Saúde Sr. José Afonso Filogônio Ferreira e o Médico Dr. Tarcísio Lopes Lessa, responsável Técnico pela instituição. 


Essa contratualização só pode ser realizada devido ao fato da Fundação de Saúde de Montalvânia ter todos os seus impostos em dia, com isso todas as certidões negativas para efetuar tal contrato. Parabenizamos a Diretoria Administrativa pela organização e competência.  Fonte: hospitalcristorei 


Compartilhe nas Redes Sociais

    Polícia

  25 Junho de 2018

30° BPM/MONTALVANIA EM AÇÃO


  Na manhã desta data (25/06/18) foi realizado no 30° BPM em Januária, solenidade em comemoração aos 243 anos da PMMG.

 Ocasião em que foram homenageados os destaques do Batalhão no primeiro trimestre de 2018.

O Destaque na Modalidade Comandante de Pelotão foi o Ten Souza, Comandante do Pelotão PM de Montalvania. Que também teve como Destaques Operacionais a equipe composta pelo Sgt Júnior, Sd Chagas e Sd Andrei.

Como forma de materializar o reconhecimento pelo ótimo trabalho realizado na cidade de Montalvania, os militares receberam um Certificado outorgado pelo Comandante do 30° BPM, Ten Cel Paulo Sérgio de Souza e uma medalha com o símbolo do Batalhão.

A homenagem é fruto do profissionalismo e dedicação com que os componentes do Pelotão PM de Montalvania tem desempenhado sua função, que mesmo diante das adversidades tem procurado servir bem a toda sociedade Cochanina.

Na oportunidade o Sgt Paulo, também foi homenageado com a Medalha de Mérito Militar.

Compartilhe nas Redes Sociais

    Polícia

  24 Junho de 2018

30° BPM/MONTALVANIA EM AÇÃO


  Em data de 24/06/18, por volta das 13:27, acionados a Guarnição PM compareceu ao endereço na rua Bach no bairro Guarabira, onde a vítima C. E. C. A., 35 anos, nos relatou que havia sido ameaçado por V. A. de S., 41 anos.


A vítima disse que estava na casa de sua sogra juntamente com sua esposa L. G. de S., 21 anos, que em dado momento o autor passou a mão nas nádegas de sua esposa, havendo com isto um desentendimento, que após discutir com a vítima o autor foi até sua residência e retornou com uma arma de fogo, fazendo ameaças a vítima.

A Guarnição deslocou até o local e localizou na residência do autor uma espingarda calibre.32, também vários cartuchos deflagrados, espoletas, chumbo e pólvora. A arma foi apreendida e o autor preso, encaminhando para a Depol de Januária.

Ainda na data de 24/06/18 por volta das 18:20, acionados a Guarnição PM compareceu no Povoado Crioulo, Zona rural Montalvânia, onde a vítima M. M. B., 32 anos, havia sido agredida pelo seu companheiro O. S. dos S., 33 anos. A Guarnição deslocou até o local e encontrou o autor em sua residência, este foi abordado e algemado, quando o autor mostrou o local onde havia escondido a arma de fogo, uma espingarda polveira cal. 32. A arma foi apreendida, autor preso e encaminhado para a Depol em Januária.

Equipe:

Sgt Júnior

Sgt Edinei

Cb Jair

Sd Marcos


Compartilhe nas Redes Sociais

    Juvenília

  21 Junho de 2018

LUTO


  Morre a educadora Márcia de Souza Almeida.


A educadora Márcia de Sousa Almeida foi a fundadora das Escolas Caio Martins, junto com seu esposo, o Coronel Manoel José de Almeida. Deixou um grande legado. Foi um exemplo de mulher, mãe e esposa, educadora de milhares de crianças e que, longe de ser apenas uma observadora, foi autora do magnífico mister de disseminar bons frutos ao longo de sua existência.


Dona Márcia morreu na noite desta terça-feira (20) em Belo Horizonte, aos 100 anos de idade. O velório será realizado no Parque da Colina a partir das 10 horas e o sepultamento às 17 horas desta quinta-feira (20).


Em 1917 o Brasil tinha o privilégio de fazer brotar da sua terra fértil, em um pequeno município no sul de Minas Gerais, uma mulher que marcaria para sempre a história milhares de jovens no estado, os chamados de “caiomartinianos”. Márcia de Souza Almeida, que comemorou 100 anos de vida em 2017 é a representação da mulher brasileira à frente de seu tempo, que com coragem e ternura transformou a vida de mais de 80 mil pessoas e suas famílias.


A história de Dona Márcia com a educação começou muito cedo. Em 1938, aos 21 anos de idade, após se formar como Normalista, criou a sua primeira escola. Em 1941 uma união marcaria para sempre a vida de crianças no interior de Minas Gerais: o casamento com o jovem tenente da Polícia Militar Manoel José de Almeida. Juntos o casal dá início as Escolas Caio Martins com a abertura da sua primeira unidade em Esmeraldas (MG), hoje Fundação Educacional Caio Martins que também está nos municípios mineiros de Januária, Juvenília, Buritizeiro, São Francisco e Riachinho.


Nos anos 60, Manoel de Almeida é eleito Deputado Federal e a família muda-se para Brasília (DF). Dona Márcia passa a lecionar na cadeira de música na Escola Elefante Branco e em 1962 começa a trabalhar no gabinete do Ministério da Educação. Em 1976 forma-se em pedagogia e, durante esse período em Brasília, as Escolas Caio Martins se transformam em Fundação Caio Martins – FUCAM, através da Lei nº 6514 de 1974.


Em 1990 Dona Márcia assume o posto de presidente da FUCAM e a partir de então começa a ganhar reconhecimento mundial, através de medalhas e prêmios pelo seu feito na educação. Em 1996 recebe a Medalha da Inconfidência em Ouro Preto (MG). Em 1998 recebe a Medalha e Comenda do Mérito Judiciário do Trabalho das mãos de um ex-aluno da Caio Martins que se tornou MInistro do Superior Tribunal do Trabalho. Em 2003 foi considerada a Mulher do Ano na Educação pelo Ministério da Educação e em 2004 recebe homenagem na Embaixada do Brasil em Roma, através das mãos do Embaixador Itamar Franco.


Mesmo com os enormes desafios e dificuldades, Dona Márcia se manteve forte e companheira, desbravando o interior de Minas Gerais ao lado do companheiro Manoel de Almeida. Uma mulher que foi mãe não só de seis crianças biológicas, mas que tratou como filho cada uma das crianças das Escolas Caio Martins, doando-se com afeto, atenção e respeito àqueles pequenos cidadãos que seriam os alicerces futuros do país.


Não há dúvidas que Márcia de Souza Almeida, que registrou todas as memórias da Caio Martins em seu livro “Semeando e Colhendo”, fez uma trajetória de dedicação, solidariedade e amor na e pela educação. E é certo que jamais um caiomartiniano se esquecerá das suas aulas de música ao pé da árvore nas tardes ensolaradas de Minas Gerais e de seu olhar eternamente amoroso.


Uma história de vida onde a educação sempre ocupou a sala de estar da casa. Entre filhos e netos, a então funcionária do Ministério da Educação – MEC e pedagoga Márcia de Almeida Souza, enredou sua família em um ambiente onde a educação foi vista como instrumento transformador. Graças a isso os netos como Maria Paula Taunay puderam entender, desde pequenos, a importância do conhecimento e da ternura. “Tive a felicidade de nascer e ser acolhida na casa da minha avó com poucos dias de nascida. A casa era muito alegre e os filhos animados. Minha vó sempre gostou muito de música e sempre foi muito eficiente com as coisas da casa e a educação era assunto corriqueiro e tinha uma áurea de sagrada, de transformadora, de renovadora”, relembra Maria Paula sobre os momentos em que viveu na casa da avó Dona Márcia e do avô Coronel Almeida.


Mulher de fibra, mãe, avó e educadora, Dona Márcia sempre esteve ao lado do Coronel Almeida, seja nos Centros Educacionais da FUCAM, seja durante o período em que Coronel se dedicou a política do país, somando 6 mandados como Deputado Estadual e Deputado Federal. Não importava as longas viagens de carro pelo país, lá estava ela com os filhos e netos ajudando Manoel de Almeida na redação e correção dos seus discursos políticos. Ao mesmo em que exercia com maestria seu papel de mãe e avó com amor e carinho, levando à tira colo as frutas e biscoitos que faziam a alegria das crianças durante os longos períodos pelas estradas Brasil à fora.


Juvenília e seu povo sofrem e choram a perda desta incrível mulher. Fonte: folhadovale.net


Compartilhe nas Redes Sociais

    Montalvânia

  21 Junho de 2018

SUPERVISORA DO PROGRAMA CRIANÇA FELIZ PASSA POR CAPACITAÇÃO PARA APERFEIÇOAR E AMPLIAR A ABRANGÊNCIA


  ...
O programa Criança Feliz, desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Social Agrário em parceria com as Prefeituras, está buscando a adesão de maior quantidade de municípios do Norte de Minas, pois, dos 86 que formam a região, 69 já se habilitaram. O prazo final para adesão é 30 de junho. O Governo Federal repassa R$75,00 por pessoa atendida por mês, para reforçar as visitas nas casas das famílias de vulnerabilidade social. O temor de que esse repasse seja insuficiente e jogue a carga para os cofres municipais é que preocupa muitos prefeitos.


Com o objetivo de ampliar e aperfeiçoar o programa, os supervisores estão passando por capacitações e participando de encontros. A supervisora do programa no município, assistente social Renata Lima Abreu, esteve por cinco (5) dias em Belo Horizonte para capacitar sobre Guia de Visitas Domiciliares, e no início desta semana a supervisora, juntamente com a secretária municipal de Assistência Social, Maria de Jesus Rocha e a coordenadora do CRAS, Maria do Socorro Barros Viana, órgãos aos quais o programa é vinculado, estiveram em Montes Claros para participar de um Encontro Técnico do Programa.


Renata Abreu diz que 72 crianças e 20 gestantes são atendidas pelo programa no município desde março deste ano, com os R$75,00 que são repassados. Ela assegura que os resultados do programa são muito bons, pois existe uma grande aceitação das famílias carentes, e que sua meta é chegar a 100 atendidos.


O Encontro Técnico do Programa Criança Feliz visou sanar dúvidas existentes e também expor as experiências e os obstáculos do programa, a fim de torná-lo melhor.
Para o consultor técnico do MDS, Paulo Aquino, "a proposta de interação das crianças com os adultos são baseadas em coisas simples do cotidiano, como ler uma história para elas, cantar, dar carinho, e outras".

A programação do encontro incluiu uma oficina na Coordenadoria do Idoso, sobre o prontuário eletrônico do projeto. O prazo de adesão ao Programa Criança Feliz se encerra no dia 30 de junho.


O objetivo fundamental do Programa Criança Feliz é a autonomia e a ruptura da transmissão da pobreza entre as gerações.A iniciativa é voltada para gestantes e crianças do Bolsa Família, de até 3 anos, e do BPC, até os 6 anos.


Atualmente, o programa promove visitas domiciliares em 2.071 municípios do país. São 287.516 pessoas, entre crianças e gestantes, acompanhadas semanalmente.


O Criança Feliz ampliou a rede de atenção e cuidado integral com a primeira infância. O programa vem mostrando que pequenos cuidados ajudam a reduzir desigualdades sociais e geram muito mais oportunidades no futuro. Semanalmente, visitadores levam às famílias orientações sobre a melhor maneira de se estimular o desenvolvimento das crianças.


A partir de ações intersetoriais, os beneficiários do Criança Feliz contam com atendimentos nas áreas da saúde, assistência social, cultura, educação e de garantia de direitos. ASCOM

Compartilhe nas Redes Sociais

Parceiros1

Parceiros2
Star Chiq Microrcim