Raio-X Das Eleições - Arquivos e informações sobre as eleições.
Selecione um ano abaixo para visualizar...

[ 2000] [ 2002] [ 2004] [ 2006] [ 2008] [ 2010]
[ 2012] [ 2014]
Feriado
20 Novembro de 2014
Feriado do Dia de Cristo Rei - Padroeiro da cidade será na próxima segunda-feira (24)

Na última segunda-feira (17) a Câmara Legislativa de Montalvânia aprovou Emenda à Lei Orgânica que altera o Inciso III do Artigo 256 da Lei Orgânica do Município de Montalvânia – LOM de 25 de junho de 2012.
 

De acordo com o Artigo 256 da LOM são considerados feriados municipais os seguintes dias:

I – 22 de Abril – Dia da Emancipação Política do Município.

II- 30 de junho – Dia dedicado à memória de Antônio Lopo Montalvão – Fundador da cidade.

II- 26 de novembro –Dia consagrado ao Padroeiro da Cidade.

Data móvel

Segundo o presidente da Câmara, Ney Cássio Dias da Silva, a data em comemoração a Cristo Rei foi alterada atendendo a uma solicitação do bispo da Diocese de Januária, Dom José Moreira, da qual a Paróquia Cristo Rei de Montalvânia faz parte.

De acordo com o bispo esta data é considerada uma data móvel, como a Sexta-feira Santa, e muda conforme o Ano Litúrgico da Igreja Católica, não podendo ser comemorada em uma data fixa.

O Dia consagrado a Cristo Rei é comemorado sempre num domingo. E com a mudança na Lei o feriado municipal, será na segunda-feira subsequente a data em que for comemorado o Dia do Padroeiro da cidade.

Neste ano (2014) como a comemoração vai ser no dia 23, o feriado municipal será no dia 24, segunda-feira.

Confira a Emenda:


Fonte: Assessoria de Comunicação - ASCOM

Encontro
19 Novembro de 2014
Município participa do encontro “Parceria pela Vida: O Samu mais perto de você”

...
 

Nesta sexta-feira (14), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência do Norte de Minas - Samu Macro Norte realizou um encontro com o tema “Parceria pela Vida: O Samu mais perto de você”, na cidade de Januária, com a participação de prefeitos, secretários de saúde, enfermeiros, equipes do SAMU e demais representantes dos 10 municípios que compõem as regiões de saúde Januária e Manga.

O prefeito Jordão Medrado e técnicos do Samu do município estiveram presentes.

A reunião teve o objetivo de promover um esforço de comunicação de caráter educativo e social para que os moradores da região sejam orientados em relação à melhor utilização do serviço.

Durante o encontro, realizado no Auditório do Campus da Unimontes - Polo Januária foi apresentado os dados estatísticos dos atendimentos do Samu na região; orientações sobre a adoção de comportamento seguro para evitar acidentes ou situações que coloquem a vida em risco; as situações em que o Samu deve ser acionado pelo número 192; e apresentação dos avanços alcançados pelo serviço nos últimos cinco anos.

A Central de Regulação, em Montes Claros, recebe mais de 1.500 chamados por dia, e a cada doze minutos uma equipe do SAMU atende uma emergência em algum ponto da região, salvando vidas, sem descanso.

Com as reuniões públicas, a expectativa é que o Samu possa estar cada vez mais perto da população, seja orientando na regulação médica, seja no atendimento no local, que pode ser em qualquer lugar: residência, local de trabalho ou vias públicas.

Após a reunião foi oferecido um curso de capacitação para os técnicos do Samu de todos os municípios presentes.

Fonte: Assessoria de Comunicação - ASCOM

Saúde
19 Novembro de 2014
Montalvânia é homenageada como Município Parceiro do SAMU

Prefeito Jordão Medrado recebe das mãos do prefeito de Januária, Manoel Jorge e do presidente do Cisrun e prefeito de Bocaiúva, Ricardo Afonso Veloso, a placa de homenagem. Também na foto o prefeito de Bonito de Minas, Zé Reis
 

No encontro “Parceria pela Vida: O Samu mais perto de você”, realizado nesta sexta-feira (14) na cidade de Januária, com a participação de prefeitos, secretários de saúde, enfermeiros, equipes do Samu e demais representantes dos 10 municípios que compõem as regiões de saúde Januária e Manga, o Montalvânia foi homenageada com Município Parceiro do Samu.

O prefeito Jordão Medrado recebeu a plava e um kit de divulgação a ser veiculado nas rádios e demais canais de comunicação orientando a população sobre o funcionamento deste serviço.


Prefeito com integrantes da equipe do Samu/Montalvânia

O presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde da rede de Urgência do Norte de Minas - Cisrun e prefeito de Bocaiuva, Ricardo Afonso Veloso, destacou que em dezembro de 2014 o Samu Macro Norte completa seis anos, mas ainda registra cerca de 30% dos chamados como ligação de brincadeira, e é importante que a população seja orientada para melhor utilizar o serviço.

- Além de dificultar o atendimento a uma pessoa que realmente necessita, os trotes geram gastos de recursos com a saída de ambulâncias desnecessariamente, ressalta o prefeito.
 
De acordo com o Ministério da Saúde, cada saída de uma unidade de suporte básico gera gasto de R$ 1.100,00, e de uma unidade avançada (UTI móvel), de R$ 2.300,00. O Samu Macro Norte recebe uma média mensal de 45 mil chamados e, além dos trotes, muitos acionamentos são para situações que não se configuram urgência ou emergência. As estatísticas mostram que cerca de 10% dos chamados são resolvidos apenas com orientação do médico regulador e 18% dos pacientes atendidos são liberados no local, sem necessidade de serem encaminhados ao hospital.



Fonte: Assessoria de Comunicação - ASCOM
Iluminação pública
19 Novembro de 2014
Municípios se preparam para assumir os ativos da iluminação pública

A Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel determinou que a partir de janeiro de 2015 a iluminação pública passa a ser de responsabilidade das prefeituras.
 

A partir de 1º de janeiro de 2015, caberá às prefeituras o papel de realizar a manutenção da iluminação pública. A Cemig não prestará mais manutenção de iluminação elétrica.

Mais de 70 prefeitos participaram nesta quinta-feira (13) na sede da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene - AMAMS, de uma Assembleia que teve o objetivo de apresentar as regras do edital de iluminação pública que irá contratar a empresa para prestar serviços de manutenção em substituição a serviços prestados pela Cemig.

A Diretoria da ANEEL aprovou a transferência dos serviços de iluminação pública, que englobam o projeto, implantação, expansão, instalações, manutenção e consumo de energia, para os municípios.

A ANEEL busca atender a Constituição Federal - CF de 1988. A CF definiu que a iluminação pública é de responsabilidade do município e, para isso, permite a cobrança da Contribuição de Iluminação Pública - CIP.

A assembleia foi realizada pelo Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Área Mineira da Sudene – CIMAMS, do qual o Montalvânia faz parte.

Na reunião foram esclarecidas as dúvidas dos prefeitos sobre o consórcio e escolhida a data em que será votada a diretoria do mesmo.

A maioria dos prefeitos sinalizou positivamente sobre a adesão ao consórcio, que a partir de janeiro terá um corpo técnico efetivo e permanente para ajudar no desenvolvimento dos municípios, trazendo melhorias na implantação de políticas públicas e no atendimento à população.

Até o momento, o Consórcio já conta com a participação de 80 prefeituras do Norte de Minas.

As prefeituras dos municípios que ainda não assumiram os ativos de iluminação pública terão até o dia 31/12/2014 para efetuar a medida. A Diretoria da ANEEL aprovou em outubro/2012, durante reunião pública, o pleito das prefeituras e decidiu conceder a ampliação do prazo para a totalidade dos municípios faltantes e não só para aqueles com população inferior a 50 mil habitantes, que era a proposta inicial da audiência pública.  O prazo já foi prorrogado duas vezes. 

Fonte: Assessoria de Comunicação - ASCOM 

Concurso
19 Novembro de 2014
Concurso público municipal deverá ser realizado no primeiro semestre de 2015

Ainda na reunião na sede da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene - AMAMS, desta quinta-feira (13) com mais de 70 prefeitos, foi discutido a realização do concurso público unificado.
 

O promotor de Justiça, Guilherme Roedel, representando o Ministério Público Estadual falou sobre os encaminhamentos para a realização do concurso público unificado, previsto para acontecer ainda no primeiro semestre de 2015, no conjunto dos municípios do Norte de Minas no qual Montalvânia está incluída.

Saiba mais sobre o Concurso Público Unificado

Prefeituras do Norte de Minas vão realizar concurso público unificado

A realização de concurso público unificado entre os Municípios do Norte de Minas. Esta é a proposta que foi apresentada aos 34 prefeitos e procuradores jurídicos dos municípios do Grande Norte de Minas, na manhã desta quarta-feira 09/04, no auditório Deputado Aécio Cunha, pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais, Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (AMAMS), Associação dos Municípios do Médio São Francisco - Ammesf e o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Ambiental Sustentável do Norte de Minas – Codanorte. Pelo acordo, a Comissão Técnica de Concursos – COTEX da Universidade Estadual de Montes Claros aplicará provas para o concurso público no mesmo dia.

Sobre a unificação dos municípios através do concurso público, o reitor da Unimontes, João dos Reis Canela, disse que a universidade está à disposição através da Fadenor e da Cotec com instrumentação de uma metodologia mais adequada. “Sabemos que os prefeitos precisarão de certa assessoria, principalmente em relação a planos de cargos e carreiras para que facilite todo o processo. Entendemos como uma ação resolutiva com nível de viabilidade jurídica fundamentada no consórcio entre os municípios. Assim esperamos que a Unimontes possa ter uma participação bem direta e adequada em todo processo”, afirmou.

O promotor de Justiça Paulo Márcio da Silva disse que a proposta de unificar o concurso nos municípios do Norte de Minas vai resolver um problema constitucional que determina que o servidor público seja concursado. Ele explicou ainda, que as contratações irregulares feitas por gestores públicos municipais são constantemente denunciadas e os mesmos estão sujeitos a ações penais que podem deixá-los inelegíveis. “O que o Ministério Público quer é conscientizar e sensibilizar os prefeitos da importância de se realizar o concurso público, buscando a unificação de esforços que implicará na redução de custos, com a participação de vários municípios da região, através da AMAMS, Ammesf, Codanorte  e Unimontes, explicou.

Ainda de acordo com o promotor de Justiça após este primeiro contato com os gestores públicos e procuradores jurídicos dos municípios, o próximo passo é acertar como será realizado o concurso que deverá ser de acordo com o número de habitantes e seus indicadores. “A preparação do concurso público nos municípios contará com representantes da AMAMS, Ammesf, Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, Ministério Público, Unimontes.

Paulo Márcio acredita que dentro de 15 dias será realizada uma nova rodada com os prefeitos e as entidades envolvidas para apresentação das propostas e definição das datas do concurso.

O presidente da AMAMS e prefeito de Mirabela, Carlúcio Mendes Leite, disse que a unificação do concurso público nos municípios envolvidos será simultâneo a fim de evitar tanta concorrência e problemas nos editais e divulgação dos resultados. “Com a participação do Ministério Público e da Comissão Técnica de Concursos – COTEX a preocupação dos gestores

com a melhoria da qualidade da gestão será solucionada, pois o concurso será feito com absoluta lisura”, destacou.

Fonte: ASCOM/AMAMS 

BR 135
14 Novembro de 2014
Obra de pavimentação da BR-135

Deputado Paulo Guedes anuncia ordem de serviço da obra de pavimentação da BR-135, subtrecho Montalvânia/Monte Rei
 

A autorização do início da obra de pavimentação da BR-135, subtrecho Montalvânia/Monte Rei,  é a mais nova conquista do mandato de Paulo Guedes, em defesa do Norte de Minas.  Pouco mais de um mês depois de reeleito deputado estadual, sem descanso e nem pausa, Paulo empunha suas bandeiras e continua “correndo atrás”.

Há anos a região vem aguardando por uma solução definitiva para a conclusão da obra paralisada desde o final de 2011.

Em audiência realizada nesta quinta-feira (13) no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), em Brasília, o coordenador-geral-substituto de Construção Rodoviária, Eng. Fábio Pessoa da Silva Nunes, oficialmente, determinou o início dos serviços. 

A retomada das obras de asfaltamento da BR-135, entre Montalvânia e Monte Rei, será realizada pela vencedora do processo licitatório divulgado em agosto passado , a empresa Ethos Engenharia, com sede em Belo Horizonte.

Para o deputado Paulo Guedes, a BR-135 é um importante corredor para o escoamento da produção dos municípios do extremo Norte de Minas e a conclusão dessa obra significará a geração de renda e desenvolvimento para toda a Região.

IPTU
12 Novembro de 2014
Agora ficou mais fácil pagar seu IPTU e ISS

Prefeito prorroga prazo para pagamento dos débitos fiscais de natureza tributária inscritos ou não em Dívida Ativa
 

Quite seus impostos municipais em dia.

A arrecadação é revertida em obras e benefícios para a população.

Através do Decreto Municipal N° 11, de 1º de agosto de 2014, o Prefeito de Montalvânia, no uso de suas atribuições legais conferidas no artigo 80, inciso VI da Lei Orgânica em vigor; e considerando o Art. 3º da Lei nº 1096/2014 que dispõe sobre anistia de cobranças legais, emissão de boletos para cobrança de dívida ativa e outros créditos tributários vencidos e não pagos;

R esolve:

Art. 1º - Prorrogar o prazo para pagamento dos débitos fiscais de natureza tributária inscritos ou não em Dívida Ativa, parcelados ou não, vencidos até 31 de dezembro de 2013 e/ou que se encontram em fase de cobrança administrativa ou judicial, para até 31 de dezembro de 2014.

Art. 2º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogando as disposições em contrário.

Confira a Lei na íntegra:

 

 

LEI Nº 1096/2014

DISPÕE SOBRE ANISTIA DE COBRANÇAS LEGAIS, EMISSÃO DE BOLETOS PARA COBRANÇA DE DÍVIDA ATIVA E OUTROS CRÉDITOS TRIBUTÁRIOS VENCIDOS E NÃO PAGOS, E DÁ OUTRAS PROVIDENCIAS.

O Povo do Município de Montalvânia, Estado de Minas Gerais por seus representantes APROVOU, e eu Prefeito, SANCIONO a seguinte Lei:

Art. 1º - Fica o Poder Executivo Municipal autorizado a conceder ao Contribuinte, a anistia de cominações legais, para créditos de natureza tributária inscritos ou não em Dívida Ativa, parcelados ou não, vencidos até 31 de dezembro de 2013 e/ou que se encontram em fase de cobrança administrativa ou judicial.

§ 1º - A anistia de que trata este artigo, ocorrerá exclusivamente sobre o valor das multas, juros e receitas da Dívida Ativa, da seguinte forma:

a)    80% (oitenta por cento) de anistia de multas e juros da Dívida Ativa do IPTU e ISS, para pagamento a vista.

b)    20% (vinte por cento) de desconto da Receita da Dívida Ativa de IPTU, para pagamento a vista.

§ 2º - O disposto nesta lei não se aplica aos créditos tributários lançados de ofício, decorrentes de infrações praticadas com dolo, fraude ou simulação, ou de isenção ou imunidade concedidas ou reconhecidas em processos eivados de vícios, bem como aos de falta de recolhimento de tributo retido pelo contribuinte substituto, na forma da legislação pertinente.

Art. 2º - Para fins de pagamento dos débitos fiscais na forma do artigo primeiro desta lei, fica o Poder Executivo, por intermédio da Secretaria da Fazenda do Município de Montalvânia, autorizado a emitir boletos de cobrança em nome dos contribuintes em débito.                                    

Art. 3º - O benefício fiscal previsto no artigo primeiro independe da formalização de requerimento por parte do contribuinte, considerando-se automaticamente concedido a partir da data de publicação desta lei, tendo como data limite para a anistia, até 31 de Julho de 2014, podendo ser prorrogado através de decreto do executivo.

Parágrafo único - A cobrança do débito fiscal assim reduzido se dará por iniciativa do Poder Executivo, na forma desta lei, onde o contribuinte independente de notificação deverá efetuar o pagamento à vista.

Art. 4º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogando as disposições em contrário.

Prefeitura de Montalvânia, 23 de abril de 2014.

JORDÃO MISSIAS LOPES MEDRADO

Prefeito Municipal

Luto
11 Novembro de 2014
Montalvânia chora a perda de uma filha ilustre

Morre Vanda Gonçalves, a mãe de todos os cochaninos
 

Fernando Abreu
Jornalista

Morreu neste domingo (9), aos 62 anos, a proprietária da rede de pensionatos Pio XII, em Montes Claros, Maria Vanda Ribeiro Gonçalves, a Dona Vanda da Pensão, como era conhecida.

Vanda Gonçalves morreu de complicações decorrentes de um Acidente Vascular Cerebral – AVC, na Santa Casa de Misericórdia em Montes Claros, onde estava internada há cerca de 15 dias.

Seu corpo foi velado no Salão de Velórios da Santa Casa, de 1 às 10 horas desta segunda-feira. Logo após saiu com destino à Montalvânia, aonde chegou às 18 horas e foi velado no Plenário da Câmara Legislativa até às 10 horas de hoje. O corpo foi sepultado no Cemitério Cristo Rei.

Uma cerimônia emocionante, com todos bastantes comovidos com tamanha perda.

Várias autoridades locais e de cidades vizinhas compareceram, assim como familiares, amigos e pessoas que já ficaram sob seus cuidados, foram prestar a última homenagem.

Dona Vanda era a referência para todos de Montalvânia que iam à Montes Claros em busca de um tratamento médico. Seu nome se confunde com a Saúde do Município. Tinha trânsito livre na maioria dos hospitais da cidade.

Em 2010, a mulher que tanto ajudou a curar pessoas, foi acometida de um câncer de mama, e lutou, bravamente contra a doença até conseguir vencê-la, em 2011.

Mesmo debilitada, não media esforços para ajudar as pessoas em busca de alívio e esperança na resolução de seus problemas. Preocupava-se mais com as pessoas do que ela própria.

E tudo que ela fazia, achava muito normal e não entendia porque as pessoas gostavam tanto dela.

Sua casa sempre foi um pouso certo, um porto seguro, para quem ia a Montes Claros, em busca de tratamento médico.

Foi como um oásis no deserto, que serve de apoio para os viajantes. Era o suporte para os que iam à Montes Claros em busca da cura e que quando a encontravam, já começavam a se curar, somente pelo tratamento que ela dispensava a todos, com carinho, atenção, dedicação e respeito.

Mulher guerreira, que lutou bravamente pela vida e deixou um belíssimo exemplo de amor e dedicação ao próximo.

Possui 5 casas, todas na mesma rua, recebendo pacientes das mais diversas cidades do Norte de Minas como, Montalvânia, Manga, Juvenília, São João Das Missões, Matias Cardoso, Miravânia, Bonito de Minas, Itamarandiba e Josenópolis. Sempre com muita cortesia, gentileza, hospitalidade e um carinho todo especial.

E o seu trabalho não se resumia apenas em receber e acomodar pessoas, com bastante conforto em seus aconchegantes pensionatos, ela acompanhava os pacientes em suas consultas, exames e internações e resolvia tudo que fosse preciso. Era a mãe dos cochaninos em Montes Claros.

Realizou um magnífico trabalho em benefício da população de Montalvânia. Suas qualidades de hospitaleira, gentil, atenciosa, prestativa, companheira, amiga... Jamais serão esquecidas por todos os cochaninos que tiveram a honra e a satisfação de terem convivido com ela.

Seu nome ficará marcado para sempre nas lembranças de todos e seu legado ficará para sempre em nossa história.

O trabalho desenvolvido por Dona Vanda será continuado por suas filhas, que, segundo elas, irão se dedicar ao máximo para desempenhar ao menos uma parte do que sua mãe fazia.

A Dona Vanda, a eterna gratidão do povo de Montalvânia!


- Conheça um pouco da história desta admirável mulher:

Maria Vanda Ribeiro Gonçalves nasceu no dia 7 de maio de 1952, no Município de Montalvânia MG.

Foi casada com Arnaldo Gonçalves dos Santos, com quem teve quatro filhas: Sheila, Neila, Flávia e Fabrícia.

Em 1976, com a instalação da agência da Minas Caixa na cidade, começou a trabalhar nesta instituição e lá permaneceu até a sua extinção, em 1991. Desenvolveu um belo trabalho no atendimento ao público e fez também muitas amizades.

Formou-se em magistério, no antigo Centro Educacional de Montalvânia, em 1984.

Em 1993, após o fechamento da agência da Minas Caixa na cidade, foi com a família para Montes Claros, onde fixou residência.

Levou consigo uma funcionária, Hercília Francisca da Silva, a Sila, uma companheira de mais de 40 anos que, ao longo do tempo tornou-se sua fiel escudeira, e na família, da qual é considerada um membro, faz o papel de mãe, filha e irmã.

Em 1993 ficou viúva.

Em 1995 montou o seu primeiro pensionato, na Praça da Catedral, a Praça Pio XII, onde recebia apenas estudantes.

A partir do ano 2000, na gestão do então prefeito Dr. José Ornelas, Dona Vanda mudou-se para a Rua Carlos Pereira e ampliou suas instalações para receber pacientes em tratamento de saúde. O negócio, movido por muito amor e dedicação, prosperou e começaram as parcerias com outras prefeituras da região.

Hoje são 5 casas que atendem 9 prefeituras. E o atendimento, a todos, sem distinção, sempre foi com muita gentileza, educação, carinho e atenção.

No dia 09 de novembro de 2014, aos 62 anos, aquela que tanto cuidou das pessoas, teve que nos deixar. Vítima de um acidente vascular cerebral – AVC, Dona Vanda partiu para os braços do Pai.

Dona Vanda deixa quatro filhas, Sheila, Neila, Flávia e Fabrícia, uma filha-irmã do coração, Sila e quatro netos: João Vitor, Maria Antônia, Davi e Samuel.

Deixa também muitos órfãos em Montalvânia e em outras cidades.

Ficam a gratidão, a amizade, o carinho e o respeito do povo de Montalvânia, por esta mulher guerreira que cumpriu exemplarmente a sua missão aqui na terra.

Luto
10 Novembro de 2014
Montalvânia está de luto. Morre Dona Vanda Gonçalves, a mãe de todos os cochaninos

NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DE DONA VANDA GONÇALVES
 

É com imenso e profundo pesar que a Prefeitura de Montalvânia, Administração Montalvânia De Todos Nós, se manifesta sobre o falecimento de Dona Vanda Gonçalves.

Mulher guerreira, que lutou bravamente pela vida. Pessoa amiga, companheira, íntegra e humana; a referência das pessoas humildes e enfermas em busca de conforto e da cura. A mãe de todos os cochaninos em Montes Claros.

Pessoa fundamental para o desenvolvimento da Saúde do Município. Sua colaboração foi de extrema importância para a população mais necessitada de apoio nas horas de dificuldades.

Uma mão amiga que acolhia e não media esforços para resolver os problemas de todos que a procuravam. Sua colaboração com esta e outras Administrações ficará marcada para sempre nas lembranças de todos e seu nome ficará para sempre em nossa história por seu legado.

Com os corações consternados e cheios de saudades, nós cochaninos, rogamos ao Pai Todo Poderoso que a acolha em seus braços compassivos... Rogamos ainda a Deus, o consolo a toda a família. 

O Município de Montalvânia está de luto, chora e sofre junto com os familiares tamanha perda.

Nossos mais sinceros sentimentos! 

Dona Vanda Gonçalves morreu ontem (9) em Montes Claros. Seu corpo será velado no Plenário da Câmara Municipal de Montalvânia a partir das 16 horas desta segunda-feira (10). O sepultamento será amanhã (11) no Cemitério Cristo Rei, em horário ainda não determinado.

Fonte: Assessoria de Comunicação - ASCOM

Saúde
10 Novembro de 2014
Montalvânia realiza Dia D de vacinação contra sarampo e paralisia infantil

A cidade vai realizar, neste sábado (8), o dia D contra a Paralisia Infantil e Sarampo.
 

Todas as Unidades de Saúde, PSF’s, do Município, vão estar abertas das 8 às 16 horas.

Após o Dia D, as Unidades também estarão realizando a vacinação em seu horário normal de expediente, das 8 às 11 e das 13 às 17.

No próximo dia 28 outro Dia D será realizado.

A ação faz parte da campanha de vacinação, que está sendo realizada em todo o país e segue até o dia 28 de novembro.

O objetivo é evitar a disseminação dos casos de sarampo e manter o país livre da poliomielite, como acontece desde 1990.

Contra a Paralisia Infantil, podem ser vacinadas crianças entre seis meses e cinco anos de idade. Já contra o sarampo, a idade para imunização varia entre um e cinco anos incompletos.

Para receber as doses é preciso levar o cartão de vacina.

Dados

De acordo com informações da Organização Mundial de Saúde - OMS, entre 2013 e 2014, 10 países registraram casos da poliomielite.

Já o sarampo, doença infectocontagiosa que pode cursar com gravidade, teve casos importados registrados no Brasil, em 2013 e 2014, com concentração em Pernambuco e Ceará.

Em 2014, foram registrados 160 mil casos da doença no mundo e, com o fluxo de turismo e comércio entre os países, o risco de contaminação se eleva.

Fonte: Assessoria de Comunicação - ASCOM

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10


















Estamos há

Dias no ar

Sobre o site


Este é o site oficial da cidade de Montalvânia - Minas Gerais! Ele surgiu da idéia de poder unir e matar a saudade dos amigos conterrâneos, que, por um motivo ou por outro, hoje se encontram distante da sua "terrinha natal". Este espaço é seu, amigo conterrâneo, divulgue-o, fale com orgulho da Montalvânia de todos nós.
Volte sempre!
montalvania.com.br

 
Edelson Dlyon: Ola estou passando para parabenizar o site. Maristânia: É muito bom poder "matar" um pouquinho da saudade de nossa cidade maravilhosa. Marlarlucia Vieira: Adoro o site, e um meio para recordar os momentos bons. Macelo Lopes Nunes: Esse site e muito bom. Eu gostei muito.